• Mariana Pantalena Leal

Por que fazer uma festa mais sustentável? E por que não?

Você sabe o que é uma festa sustentável de verdade?



O que vamos deixar para as próximas gerações

Hoje vamos conversar sobre o que é de verdade uma festa sustentável e qual a importância da gente se preocupar com isso quando fazemos nossas festas.

Será que é realmente possível?

Quais são as nossas opções práticas?

A sustentabilidade bateu forte pra mim quando eu percebi que precisava cuidar melhor do mundo para mim e para meu filho.

Hoje já sofremos com a falta de recursos naturais, mudanças climáticas, poluição, extinção de espécies, fome, doenças, entre outras coisas. Como será o futuro? O que vamos deixar para as próximas gerações?

Claro que isso tudo não tem relação só com fazer festa, e sim com todo nosso modo de vida, nossos hábitos.

Mas você já percebeu quantas festas fazemos ou vamos durante a nossa vida?

Nós gostamos muito de festejar, e realmente temos um dom natural para criarmos festas incríveis.

O Problema é como criamos essas festas, são as nossas escolhas.

Me diz como são as festas que você costuma ir, ou ia antes dessa pandemia?

Nós sabemos realmente o que é uma festa sustentável ou o que ela poderia ser?

Muitas vezes achamos que não dá para conciliar uma festa incrível com sustentabilidade ai nem tentamos.

Será que a gente não está acomodado no mesmo jeito de fazer festa, ou estamos sempre buscando mais a facilidade do que realmente parar para pesarmos nossas escolhas e escolher de uma forma melhor, mais consciente e preocupada com o que está a nossa volta? Sustentabilidade por definição é o equilíbrio em uma relação. É quando existe suporte para que os dois lados da relação se mantenham saudáveis, se mantenham funcionando, se mantenham vivos.

No caso aqui estamos falando da nossa relação com o mundo, com o meio ambiente, com toda a sociedade.

Qualquer atividade que fazemos gera um impacto no mundo, o simples fato de existirmos já cria uma cadeia de impactos ao longo da nossa vida.


Nosso modo de vida, o que comemos, como nos movemos, como nos vestimos e sim como celebramos, tem seu peso.

Essa relação precisa ser uma troca justa para que haja equilíbrio!

No que tratamos aqui e o que essa relação gera, é quase impossível dizer que existe uma forma de fazer uma festa totalmente sustentável, é um sonho, como eu disse precisaríamos de um equilíbrio perfeito, e isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade.

Esse equilíbrio só vai vir da nossa conscientização e de mudanças reais. Precisamos aprender a fazer melhores escolhas e as colocar em prática, pra ontem.

Sem entender o impacto de nossas escolhas atuais não sabemos como essas escolhas podem ser melhores no futuro.

Quando falamos de festas principalmente, temos que nos preocupar com: 1) Todo o processo, fazer festa é uma atividade social e econômica, as relações precisam estar bem definidas desde o início.

2)Buscar soluções para o lixo, deslocamento, preparo, consumo, serviços, desperdício, inclusão, legado.

3) Como compensar o que não conseguimos equilibrar? Iniciativas, incentivos, precisamos buscar alternativas para que não deixemos um impacto negativo ou um déficit para as próximas gerações ainda maior.

4)Aprender com o processo e fazer melhor da próxima vez.

Te convido pra gente conversar mais sobre isso por aqui e nas redes sociais do Atelie Mapatele.


Entender o que pode ser uma festa mais sustentável, por que é tão importante para nós e para o futuro, e como tornar nossas escolhas para essa festa mais positivas, de uma forma prática e acessível a todos.


Podemos mudar muita coisa, uma festa de cada vez!

Serve pra fazer festa e serve pra vida!

Te espero no próximo

Me conta aqui se você também quer essa mudança.

Beijos

Mari






#festasustentavel #consumoconsciente #festasinfantis #festasecologicas #festaconsciente #melhoresescolhas #sersutentavel

mapatele@hotmail.com

São Paulo

Brasil

© 2016 por Mapatele.Todos os direitos reservados. Orgulhosamente criado com Wix.com